Publicações

Canção

07 de julho de 2015
Ghediel Hemydio
Hoje escrevi você em canção
Palavras e versos filhos da emoção
Pedi o oceano das poesias que me ajudasse
E a caneta que não manchasse
 
Pelo amor nas letras do que escrevi
Das lágrimas da emoção que senti
Lápis de bom contorno
Que lhe proponho
Atravessando as linhas no caderno
Pensei que tudo seria eterno
As palavras que escrevi 
E os versos que redigi
 
Está tudo ao contrário
Para renovar as folhas do fichário
Decide transferir tudo para o diário
Nas canções da vida prometida
Na chegada, permanência e partida
Em minhas mãos transbordam emoção
Versos de amor, sonho e paixão
Nas folhas do oceano das letras
Escrevo vidas, mundos e planetas
 
Rainha do castelo da canção
Artista do palco do coração
Protagonista da novela da paixão
 
Me pus nas linhas da vida de novo
Nas folhas de um caderno que removo
Troquei o lápis por capricho meu
Pelo mesmo que um dia me prometeu
Espero que o contorno mais forte
Mostre ao seu amor o meu porte

Comente essa publicação