Publicações

Depois do amor (amigo)

10 de fevereiro de 2018
Ghediel Hemydio
Na vida sou expansão
Na vida sou cada lugar
Na vida sou cada coração
Que se alivia ao chorar
 
Na vida, preciso gritar
Na vida, preciso escrever
Na vida não quero sonhos
Que se realizam sem você
 
Na vida me levantei um dia
Na vida sua mão senti
Na vida espelhos refletindo
Me lembrando de superar
Sentimentos quase perdidos
 
Na vida permanecia
Por muito tempo no mesmo lugar
Na vida percebi
Que há momentos
Que são necessários voar
 
Na vida houve muitas rimas
Na vida percebi as combinações
Na vida busco escrever tudo
Para unir a todos os corações
 
Na vida um dia quis desaparecer
Na vida um dia quis tudo esquecer
Na vida que está longe do fim
Em muitas vezes quis dizer não
Do que sim
Mas hoje sou pétala 
Que se desprendeu de uma flor
Na vida sou eu depois do amor
 
(Uma homenagem à minha amiga Lilian Nunes, por colocar a mão da vida e mudar o rumo da minha jornada)

Comente essa publicação

Comentários

Ghediel Hemydio

30 de junho de 2018

Como disse o Cristo; Os colaboradores virão de todas as partes. Seu gesto, assim como de muitos outros, trás fonte de vida há muitos corações. Muito obrigado.

Lílian

28 de junho de 2018

Fiz apenas o papel de ponte amigo, do qual todos nós desempenharem um dia em nossas vidas. De alguma forma você iria vislumbrar a natureza do amor, mas me sinto honrada pelo prestígio em uma obra tão inspiradora. Mas como sempre, digo a honra é minha, mas o mérito é do Cristo.