Publicações

Depressão

05 de maio de 2017
Ghediel Hemydio
Não posso te tirar da depressão
Pois não é um lugar
Mas sim um sentimento
Que paralisa o olhar
E estaciona o caminhar
 
Depressão impede
De ver a essência de tudo
Nos faz ver vê os dentes e não o sorriso
As estrias e não a gestação
O peito e não o coração
O problema e não a solução
O desânimo e não o potencial
Nos obriga a enxergar tudo igual
 
Na depressão vemos o dia nublado
E não o amigo ao lado
Vemos as manchas no retrato
E não o momento registrado
Vemos a mão niveladora da morte como um mal
E esquecemos da grandeza
Do espírito imortal
 
Estar com depressão te limita a vida
A não enxergar as portas e saídas
Impede de experimentar tudo
Que está contido ao seu viver
Te impedindo de levantar
Com a luz do sol ao nascer
 
A depressão
Não deixa ninguém se enxergar
Como um grão de areia no deserto imenso
E nem como uma gota de água
No oceano, segura no acolhimento
Depressão não deixa
Ninguém mudar as emoções
Mas até o planeta muda de estações
 
No início eu disse
Que não posso te tirar da depressão
Do desespero
Da agonia em seu coração
Não é simples
Nem fácil
Por isso que por você eu rezo
Enquanto isso
Espero poder lhe ajudar
Com alguns versos

Comente essa publicação

Comentários

Ygor Dias

18 de agosto de 2018

Acho que é um assunto tão delicado que as vezes não sabemos lidar, e você conseguiu lidar com um poema, parabéns ??

Vanuza

14 de julho de 2018

Muito obrigado por escrever sobre esse assunto tão delicado, sou diagnósticada com depressão há mais de três anos, e ler o seu poema me sentir invergonhada por não ter percebido tudo isso, mas fiquei muito feliz e emocionada, obrigado do fundo do meu coração.

Valter Dias

04 de julho de 2018

Poesia perfeita, mexeu muito comigo, vai ajudar muitas pessoas, parabéns.