Publicações

Em seu amor

12 de junho de 2015
Ghediel Hemydio
Como o vento que toca meu rosto
A vida rapidamente passa
Tão sútil e sem palavras
Mas deixa um rastro de cheiro e cor
Tudo faz parte da nossa história
Amor, família, perdas e vitórias
Tanta coisa vem em minha memória
E vendo esse belo dia eu lhe diria
 
Pelo gesto simples e generoso
Pelas lições de como ganhar o jogo
Em noites frias me abraçaria
Mas só quero a certeza
De que em seu amor eu descansaria
Pela certeza de que frágil sou
Pelo abraço de que me perco
Quando estou
Em águas frias me aqueceria
Mas só quero a certeza
De que em seu amor eu descansaria
 
No jardim corta a rosa mais velha
Que já intensamente o perfumou
E vem a rosa mais nova
Que ainda nem o vento a tocou
Como poderia se você me auxiliou
E permanece o amor que me ajudou
Olha as marcas da vida
E face a face eu lhe diria
 
Pelo gesto simples e generoso
Pelas lições de como ganhar o jogo
Em noites frias me abraçaria
Mas só quero a certeza
De que em seu amor eu descansaria
Pela certeza de que frágil sou
Pelo abraço de que me perco
Quando estou
Em águas frias me aqueceria
Mas só quero a certeza
De que em seu amor eu descansaria
 
Observarei o cair das folhas para sempre
E o tempo me lembra
De tudo o que preciso saber
Por esse amor perfeito, sincero e lindo
Que me lapidou ao longo do caminho
Por todo carinho
Já tenho a certeza
Em seu amor para sempre descansaria
 
(Uma homenagem à Margareth Oliveira Santos – minha mamãe)

Comente essa publicação

Comentários

Lindalva

20 de setembro de 2019

Amei

Janice da Silva

05 de julho de 2018

Linda homenagem, sua mãe deve ser muito especial e você como filho mais ainda.