Publicações

Eu Vou

17 de outubro de 2015
Ghediel Hemydio
Hoje eu vou ao encontro do que sonhei
É tão leve e claro ao perceber
Que tudo da vida posso escrever
Tudo se mostra simples e misterioso a nós
Intensamente a vida me abraça
Diante do que escrevi e desejei
 
Não pare
Por mais difícil que possa estar
Saiba que é bom sonhar
Não pare
Tudo que somos
O mistério pode sustentar
Tudo muda de lugar
Pense em tudo que se mostra
Com o passar do tempo
Bem como agora
Não pare
De convencer a si mesmo quem você é
 
Hoje eu vou ao encontro do que sonhei
É tão leve e claro ao perceber
Que tudo da vida posso escrever
Sigo um simples sorriso na esquina
Ou a alegria de uma menina
Certamente no fim do túnel eu chegarei
 
Não pare
Por mais difícil que possa estar
Saiba que é bom sonhar
Não pare
Tudo que somos
O mistério pode sustentar
Tudo muda de lugar
Pense em tudo que se mostra
Com o passar do tempo
Bem como agora
Não pare
De convencer a si mesmo quem você é
 
Olhei bem fundo dentro de mim
Esperei que meu sorriso surgisse assim
Nas folhas como pisar
O momento encontrar
Mais um dia que virá
E tudo se move 
Em minha direção como sonhei
 
Nas folhas como pisar
O momento encontrar
Mais um dia que virá
E tudo vem ao meu encontro como desejei

Comente essa publicação