Publicações

Marcas na memória

19 de abril de 2017
Ghediel Hemydio
As marcas na memória
Impedem que eu vou
As marcas na memória
Me fazem esquecer onde estou
Tenho que seguir enfrente
Num momento e outro
Num de repente
Escrever minha história
Mesmo com marcas na memória
Me aperte em seus braços
Para sentir que estou vivo
Todas as marcas na memória
Que me impedem de crescer
Com você posso esquecer
Hoje não é uma obrigação chorar
Mas até a alegria pode se emocionar
De mãos dados no caminho
Com marcas na memória
Posso melhorar sim
Poder seguir em frente até o fim
E apagar as marcas na memória
(Continua em MUNDO EXTERIOR)

Comente essa publicação

Comentários

Cidinha Aparecida

14 de agosto de 2018

Lindo, amei!