Publicações

Mulata

16 de julho de 2015
Ghediel Hemydio
Quem me dera você me pertencer um dia
Até a lua te recebe em cortesia
Com a certeza que diria
Majestosa graça da negra
Que o dia me presenteou
Dos pés aos cachos o samba treinou
Com sua beleza meu coração domou
 
Esquenta a roda com seu amor
Natural se destaca com sua cor
Esquenta a roda com seu amor
Arrasta olhares para onde for
 
Num vestido de estampa floral
Samba no coração sentimental
Espalha ao vento sua crença
Quando descer com sua presença
Para que eu a veja passando
De salto, despida do medo
 
Samba mulata no meu coração
A rosa branca lhe dei com emoção
Branca para que somente você
Se destaque na minha canção
 
(Uma homenagem as mulheres da raça negra)
 

Comente essa publicação

Comentários

Auxiliadora

30 de maio de 2020

Belas homenagens!

Marilene Chagas

25 de julho de 2018

Perfeita homenagem a nós negras desse mundo grandioso, parabéns pelo trabalho garoto, você vai longe.

Bárbara Luiza

12 de junho de 2018

Que linda homenagem Ghediel