Publicações

Somente Você

18 de junho de 2015
Ghediel Hemydio
Com a certeza 
Do amanhecer que viria
O sol varre o frio do dia
Já vivi incertezas
Que parecem conquistas
Numa insegurança 
Mascarada de amiga
Destino vazio
Meus medos me fizeram
Perder no caminho
 
Mas aí você vem
Como um anjo para me ajudar
Guiando-me por onde via escuridão
Seu sorriso é como o sol
Que me dá a certeza do amanhã
E do brilho do dia
Não me importo de sair do chão
Pois sei que é o barco 
Que irá me guardar
Para eu não cair 
No oceano da solidão
 
Somente você
É o meu céu e o meu chão
Somente você
Clareia a minha escuridão
Somente por você
Agradecerei todos os dias a Deus
Por me dar a flor 
Mais bela do seu jardim
Somente você
Ilumina minha vida
Somente você
Em seu amor me abriga
 
Eu chorei com medo da noite fria
Esperando uma voz doce que diria
Qualquer coisa que pudesse me acalmar
Ou que viesse simplesmente me abraçar
Queria que um livro ou instrução
Me mostrasse o caminho
Mas nada que li me tirava do frio
 
Mas aí você vem
Nas dores chorando comigo
Não imagina quão bem me sinto
Sua alegria me contagia
E seu amor por mim tudo faria
 
Somente você
É o meu céu e o meu chão
Somente você
Clareia a minha escuridão
Somente por você
Agradecerei todos os dias a Deus
Por me dar a flor 
Mais bela do seu jardim
Somente você
Ilumina minha vida
Somente você
Em seu amor me abriga
 
Não desejo o brilho das estrelas
Pois a luz do seu olhar 
Me guia inclusive de dia
A luz do sol é intensa
Mas seu amor aquece 
Minha vontade de viver
Deus para me abraçar me deu você
Por isso é tão especial
Por isso é minha "vida"
 
(Uma homenagem à Margareth Oliveira Santos – minha mamãe)

Comente essa publicação

Comentários

Aline

10 de agosto de 2018

LINDO POEMA!

Elaine

29 de julho de 2018

Linda homenagem, deve ser uma mãe muito especial.